Influências dos canais de comunicação, sistema social e tempo na difusão do prontuário eletrônico do cidadão no Brasil

Daniela Souza Gomes, Patrícia Rodrigues Braz, Denise Barbosa De Castro Friedrich, Edna Aparecida Barbosa De Castro, Fábio Da Costa Carbogim, Suellen De Souza Barbosa, Ricardo Bezerra Cavalcante

Texto completo:

PDF

Resumen

O objetivo do artigo é analisar as influências dos elementos (canais de comunicação, sistema social e tempo) sobre a difusão do Prontuário Eletrônico do Cidadão. Foi realizado um estudo de caso, de abordagem qualitativa, fundamentado na Teoria da Difusão da Inovação, contendo 17 entrevistas e observações do cotidiano de trabalho de 8 equipes de saúde da família envolvidas na utilização da tecnologia em um Município do oeste de Minas Gerais. Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo, modalidade Temático-Categorial, e sistematizados com o software Atlas Ti. Observou-se que os canais de comunicação de massa de mídia e interpessoais potencializaram a difusão da tecnologia. Além disso, destacou-se a aceitação da inovação, fomentada pelo enfermeiro, que motivou e mobilizou a equipe para essa aderência. Foi possível compreender que alguns fatores contribuíram para resistência, como por exemplo, médicos e outros profissionais, com maior tempo de trabalho, consideravam a tecnologia complexa e o tempo insuficiente. A difusão da tecnologia também foi influenciada por estratégias no contexto do sistema social: criação de escalas de digitação, revezamentos, acordos, dentre outras. Alguns desafios emergiram: coexistência entre as tecnologias referentes ao Prontuário Eletrônico do Cidadão e o prontuário em ofício, conflitos, deficiências estruturais e de capacitação, e subutilização da tecnologia. Constatou-se que os elementos (canais de comunicação, tempo e sistema social), influenciam a difusão da inovação, predominantemente, colaborando para sua adoção no contexto estudado.

Palavras-chave: registros eletrônicos de saúde, difusão de inovações, atenção primária a saúde, estratégia saúde da família, tecnologia da informação.



Copyright (c) 2021 DANIELA DIAS VASCONCELOS, PATRICIA RODRIGUES BRAZ, RICARDO BEZERRA CAVALCANTE, DENISE BARBOSA DE CASTRO FRIEDRICH, EDNA APARECIDA BARBOSA DE CASTRO, FABIO DA COSTA CARBOGIM

Licencia de Creative Commons
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.